Livro ‘Ninguém é f#dido por acaso’ por Ricardo Bellino

Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino
Um guia prático anticoitadismo
Quem conhece o empresário carioca Ricardo Bellino certamente já o considerou louco. O que dizer de alguém que, aos 21 anos, pensou em trazer a mega agência de modelos americana Elite Models para o Brasil, sem falar inglês, nem ter um tostão no bolso? Bellino apostou nessa ideia mirabolante, abandonou a faculdade de economia, mudou-se para São Paulo e teve muito sucesso, a ponto de se tornar amigo pessoal e uma espécie de filho adotivo de John Casablancas - dono da Elite. Trouxe também para o país a campanha das camisetas do câncer de mama, colocando o famoso símbolo do alvo no peito de milhões de brasileiras. Aos 38 anos, o empresário encarou o seu maior desafio... 
Capa comum: 176 páginas  Editora: Citadel Editora; Edição: 1 (8 de abril de 2019)  ISBN-10: 8568014828  ISBN-13: 978-8568014820  Dimensões do produto: 16 x 1 x 23 cm

Melhor preço cotado ⬇️

Leia trecho do livro

Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino
Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino

SE LIGA!

Para mim, fudido e fodido
não são a mesma coisa.

Ser fodido é ser foda.
Não tem nada a ver com foder.
É algo irado para caralh@! É poderoso!
fudido é completamente o contrário, p#rra!
Não tem nenhum significado fodástico.

Então decidi escrever este livro para
demonstrar o poder que uma simples letra,
neste caso a troca do “u” pelo “o”,
pode ter na vida das pessoas.

Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino
Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino
Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino
Ninguém é f#dido por acaso

SER “FODIDO”
OU NÃO SER
“FUDIDO”,

EIS A QUESTÃO?!

Como bem diz o meu amigo Ricardo Bellino, autor desta obra, o sucesso não acontece por acaso. Na escola da vida que cursamos juntos, aprendemos que o fracasso também não acontece por acaso, não é mesmo?

Quase poderia defender a tese de que para atingir o fracasso uma pessoa gasta a mesma (ou uma maior) quantidade de energia (neste caso negativa) do que se assumisse uma atitude mental positiva de quem procura o sucesso. Não estou falando aqui de um sucesso efêmero, que busca o enriquecimento rápido, mas aquele sucesso que se manifesta nas pessoas que buscam prioritariamente a sua realização e que antes mesmo de encontrar os milhões na conta bancária, encontraram no entusiasmo a motivação para superar todos os obstáculos que a vida e o mundo dos negócios certamente apresentaram em seus caminhos na real busca da felicidade.

Aprendemos, a um custo alto, que o sucesso sem felicidade é apenas ganância e nos transforma em pessoas avarentas; agora, quando priorizamos a nossa felicidade e a daqueles que nos apoiam, especialmente em nossos momentos de dificuldade e superação de desafios, encontramos a verdadeira prosperidade. O dinheiro e a riqueza acumulados são consequências e resultado de uma jornada pavimentada pela ética e compromisso de não apenas deixar uma herança material para os nossos herdeiros diretos, mas um legado que irá inspirar milhares de pessoas pela herança de uma biografia que nos tornará imortais pela missão de fazer alguém acreditar que pode, sim, contrariar o seu destino e se permitir acreditar em um sonho grande, para ser vivido de olhos bem abertos. O verdadeiro sucesso se manifesta a partir das escolhas que fazemos e do preço que estivermos dispostos a pagar para trocar uma pequena letra, que pode fazer uma grande diferença em você ser um fodido ou um fudido na vida.

– Janguiê Diniz
Empreendedor

Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino
Ninguém é f#dido por acaso
Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino
Ninguém é f#dido por acaso

MERDA,
FODA,
FUDIDO
OU FODIDO

SÃO PALAVRAS
PROIBIDAS
PARA VOCÊ?

Socialmente, ainda que tão repetidas, continuam tabu. Agora, o que você talvez não saiba é que elas podem ser gatilhos para demonstrar aquilo que uma pessoa deseja ou, melhor, para desencadear relações, atitudes e até mesmo fechar uma negociação que dificilmente se concretizaria com uma conversa politicamente correta.

COSTUMO DIZER QUE,
SE O CORPO FALA,
O PALAVRÃO GRITA.

A ciência comprova. Segundo pesquisas recentes, o palavrão nasce no sistema límbico, a parte do cérebro mais primitiva e parecida com o cérebro dos animais. Portanto, normalmente o palavrão não é planejado, mas sim um impulso. E se você for capaz de controlar isso minimamente e usar a seu favor?

O psicólogo Timothy Jay, da Faculdade de Artes Liberais de Massachusetts, disse para a revista americana New Scientist: “Num vestiário masculino, por exemplo, quem não xinga é o ‘panaca’”. Entenda panaca por fudido. Pronto, chegamos aonde eu queria!

Você vai aprender neste livro que suas atitudes – como não falar palavrão, por exemplo, porque tem medo de não ser aceito – falam por você, muito mais do que imagina. Falar ou acreditar em algo não tem efeito algum se sua atitude é diferente daquilo. E pior: normalmente a não atitude, ou seja, não fazer nada mesmo, é o caminho que a maioria segue.

Querido leitor, se isso lhe parece familiar,
você já é um fudido e nem sabia.
Que merda, não é mesmo?!
Mas calma, vamos resolver isso aqui.

Espero que você não se ofenda com algumas expressões ou opiniões que expressarei neste livro. Só quero mostrar o que você insiste em não ver: suas atitudes de fudido precisam mudar. Uma letra faz toda a diferença.

TRANSFORME-SE
DE FUDIDO
EM FODIDO.

Parece impossível hoje. Você deve estar pensando: “Claro, com o dinheiro e credibilidade que um fodido tem, é fácil conseguir as coisas”. Mas todo fodido saiu de algum lugar, e muitos deles já foram fudidos também. Nós só olhamos os êxitos, mas não olhamos o quanto o fodido suou para chegar lá. Pode saber que, antes de ser um fodido , ele se fodeu muito!

TODO HOMEM É
CULPADO POR AQUILO
QUE NÃO FEZ .

Voltaire disse isso. Pense em tudo o que poderia ter realizado, mas não realizou – o famoso “e se”. E se eu tivesse aceitado aquela oportunidade, e se eu tivesse apostado naquele sonho, e se eu tivesse ido àquela reunião. Esse é um pensamento que deve estar dentro de você o tempo todo. A inquietude é o que nos move, e precisamos desse cutucão constante em nossa cabeça para não deixar as oportunidades desaparecerem. Infelizmente, é muito mais fácil ficar parado, não fazer nada, não tomar uma atitude. Mas, quando paramos para pensar, fica claro que as chances da vida não vêm até nós, nós é que as construímos.

De certa maneira, tudo o que fazemos age ou reage de alguma forma para que algo aconteça. Se ficarmos parados, nada vai acontecer. É preciso movimentar, refazer, recomeçar, reorganizar, bagunçar para depois arrumar, desmontar para depois construir outra vez. Precisamos constantemente de impulsos para fazer e refazer coisas. Esse impulso precisa vir de dentro.

NÃO ESPERE UMA
ATITUDE EXTERNA
PARA MUDAR.

SEJA VOCÊ
O FATOR COMPLICADOR,
O AGENTE DAS SUAS
MUDANÇAS .

Claro, essa visão não surge da noite para o dia. Algumas pessoas têm isso em sua natureza, têm a genética ou qualquer outra função nata que as faz pensar assim sempre. Para outras, isso é um processo que precisa ser aprendido. Parece complicado, mas é mais simples do que a maioria pensa. Existe um método. Essa é a boa notícia, e, a partir das minhas experiências e treinamentos, vou mostrar como estruturar esse pensamento.

É hora de entender o processo, desconstruir seu caminho de fudido e assumir o controle. Mas já adianto: isso é para quem quer. Não tenho tempo a perder com fudidos que não querem mudar. Se estiver disposto a mudar, siga a leitura, e estarei com você. Agora, se for para seguir com atitudes de um fudido, não perca seu tempo – nem o meu. Nos vemos a partir dos próximos capítulos, prontos para alterar não só uma letra, mas também toda a sua trajetória.

Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino
Ninguém é f#dido por acaso
Leia online 'Ninguém é f#dido por acaso' - Quem conhece o empresário carioca Ricardo Bellino certamente já o considerou louco. O que dizer de alguém que, aos 21 anos, pensou em trazer a mega agência de modelos americana Elite Models para o Brasil, sem falar inglês, nem ter um tostão no bolso? Bellino apostou nessa ideia mirabolante, abandonou a faculdade de economia, mudou-se para São Paulo... Livros Online, Baixar PDF, Grátis, Frases de Ricardo Bellino, Download, Resumos Análises e Criticas...
Ninguém é f#dido por acaso

O PRIMEIRO PASSO
PARA COMEÇAR
A MUDAR A VIDA
– DEIXAR DE SER
UM FUDIDO
PARA SER
UM FODIDO – É A

AUTOAVALIAÇÃO

A opinião dos outros é importante, mas desde que você saiba quem é e onde está. Quais os seus objetivos? Onde você está? Aonde pretende chegar? Quais as armas que tem? – se é que tem alguma. Se não tem, onde conseguirá? Em quanto tempo?

Para começar a responder essas questões, precisamos entender o quão fudido você está. Temos aqui um sistema para medir isso, o fudidômetro. Ele vai apresentar, ao fim de algumas perguntas, o seu nível de fudido. Importante: o seu nível é um estado, ou seja, pode mudar. Pode ser pouco fudido hoje, mas muito fudido em poucos meses. Assim como pode ser um total fudido hoje e passar a pouco fudido em alguns dias. Perceba que, em quase todos os casos, um olhar diferente ou uma mudança de postura podem transformá-lo de um aprender aqui que uma atitude, um olhar ou uma aposta podem mudar tudo. Responda sim ou não para estas 15 perguntas. Qualquer semelhança não é mera coincidência. Se você se identifica com essas atitudes, visões e reações, está na hora de mudar, fudido. Vamos lá!

Leia online 'Ninguém é f#dido por acaso' - Quem conhece o empresário carioca Ricardo Bellino certamente já o considerou louco. O que dizer de alguém que, aos 21 anos, pensou em trazer a mega agência de modelos americana Elite Models para o Brasil, sem falar inglês, nem ter um tostão no bolso? Bellino apostou nessa ideia mirabolante, abandonou a faculdade de economia, mudou-se para São Paulo... Livros Online, Baixar PDF, Grátis, Frases de Ricardo Bellino, Download, Resumos Análises e Criticas...
Ninguém é f#dido por acaso
Leia online 'Ninguém é f#dido por acaso' - Quem conhece o empresário carioca Ricardo Bellino certamente já o considerou louco. O que dizer de alguém que, aos 21 anos, pensou em trazer a mega agência de modelos americana Elite Models para o Brasil, sem falar inglês, nem ter um tostão no bolso? Bellino apostou nessa ideia mirabolante, abandonou a faculdade de economia, mudou-se para São Paulo... Livros Online, Baixar PDF, Grátis, Frases de Ricardo Bellino, Download, Resumos Análises e Criticas...
Ninguém é f#dido por acaso

1. Você já teve uma ideia que lhe pareceu brilhante (normalmente elas surgem quando estamos prestes a dormir ou no banheiro), mas em seguida pensou “acho que não vai rolar” e desistiu instantaneamente?

2. Falou repetidas vezes para si mesmo ou para pessoas próximas que precisava resolver algo importante, mas nunca resolveu?

3. Já ouviu alguém contando sobre um empreendimento, uma ideia, investimento ou qualquer coisa parecida (normalmente algo que você não domina e do qual não conhece quase nada) e, assim que a pessoa terminou de contar com todo o entusiasmo, você falou ou pensou “ah, isso é impossível”?

4. Em uma situação não planejada, teve a oportunidade de falar com alguém que poderia ser um excelente contato profissional ou pessoal (normalmente, uma pessoa que você admira ou julga bem-sucedida), mas não falou por achar que não era bom o suficiente?

5. Já teve vontade de ser alguma coisa ou aprender algo, mas, quando percebeu que era impossível ter um professor ou alguém que já tivesse feito o caminho para imitar ou seguir, desistiu?

6. Já escolheu um caminho apenas porque, em um primeiro momento, parecia mais seguro, estável, com menos riscos de dar errado, mesmo sabendo que ali não teria tanta satisfação ou, pior, que não era exatamente o que você queria?

7. Já teve uma grande oportunidade (pode ser uma apresentação no trabalho ou um momento com a pessoa em quem estava interessado emocionalmente), mas, por medo de não ter tempo suficiente para contar tudo o que tinha de bom – ou seja, o quão fodido você é –, deixou de lado, desistiu e achou melhor não arriscar?

8. Mesmo depois de anos exercendo um trabalho ou função, desenvolvendo um projeto ou melhorando uma coisa, a primeira crítica recebida o fez acreditar que tudo o que estava feito era uma porcaria, e abandonou aquilo sem mais nem menos? (Outra vez, pode ser sua carreira profissional de 20 anos ou a nova decoração da sala, não importa, o que conta é a atitude errada.)

9. Você cometeu uma grande cagada. Não dava para arrumar (acredite, todo mundo já fez isso ao menos uma vez na vida). E se viu, mesmo que por um curto tempo, sem uma saída estratégica ou atividade paralela, pois não elaborou um plano B?

10. Vislumbrou alguma oportunidade ou chance de crescimento muito perto de você, mas, ao calcular a probabilidade, considerou pequena? Aí, algum tempo depois (obviamente você não fez nada para melhorar essa porcentagem, ficou sentado na cadeira, enquanto a única coisa que crescia era seu tédio), alguém menos preparado do que você – mas com coragem e persistência maiores – fez aquilo acontecer, fez dar certo e o deixou para trás?

Livro 'Ninguém é f#dido por acaso' por Ricardo Bellino

11. Já teve a oportunidade de exercer uma nova função, totalmente diferente da sua área de formação ou do que domina, mas não aceitou ou não tentou porque pensou que não seria capaz de exercê-la ou, pior, que outra pessoa próxima poderia fazer melhor, e, ao se comparar, não foi atrás?

12. Já deixou para depois a resolução de um problema que parecia pequeno, mas, com o passar do tempo – porque deixar para resolver amanhã na verdade nunca é amanhã mesmo, e, sem planejamento, o problema se estende por semanas, meses ou anos –, o tal pequeno problema virou uma coisa enorme, quase impossível de se resolver, e então pensou “ah, se eu tivesse feito isso lá atrás”?

13. Não consegue, nem por um mês sequer, controlar sua vida financeira? Não estou falando em gerir fortunas, fazer investimentos ou poupar dinheiro. Estou falando em não saber sequer quanto ganha nem quanto gasta e, ao fim do mês, ter aquele mini-infarto quando passa o cartão de crédito e não sabe se a transação será autorizada ou não.

14. Não fala palavrão (claro que em algumas situações você não deve falar mesmo, mas estou pensando aqui em situações em que é socialmente aceito, como já falamos) porque tem medo de se expor, do que vão pensar, enfim, não se garante em uma simples conversa?

Sim para 1 ou 2 perguntas.

VAI SE FODER EM BREVE.

Olha, você está a um passo de se foder. Poderia ser pior, mas é hora de ligar o alerta. Quem o ama até dá uma segunda chance e vê algum potencial, mas normalmente você escuta “Fulano até tem qualidades, mas parece que nunca vai para a frente”. Já as pessoas a sua volta – as conhecidas e não tão próximas – estão com as expectativas baixas e não o veem com muitas possibilidades de dar certo. A sua marca é a grande chance de fazer as coisas não acontecerem. Lembre-se: o fracasso chega muito mais rápido do que o sucesso. Mas fique calmo. Por incrível que pareça, o seu caso é o mais fácil de solucionar. Uma pequena mudança de postura pode fazer toda a diferença. Para começar a mudar isso agora mesmo, leia primeiro os capítulos 1 e 8.

Sim para 3 ou 4 perguntas.

POUCO FUDIDO.

Amigo, pode até parecer que não, mas você já está com sérios problemas. As pessoas desconfiam de suas propostas, não apostam muito no que fala, e o seu pessimismo torna sua visão muito limitada. Possivelmente, algum projeto seu já fracassou, e você não soube lidar com isso ou tomou uma atitude que não produziu efeito algum. Mas, assim como no caso acima, não se desespere – ainda. Ferramentas básicas serão suficientes para mudar suas ações, pensamentos e posturas. Leia os capítulos 1, 3, 5 e 8.

Sim para 5 perguntas.

FUDIDO.

É, a coisa está complicada. Todo mundo acha que os seus projetos não funcionam. No trabalho, é só mais um, e não tem perspectivas de promoção, novas áreas de atuação ou crescimento. Não tem objetivos concretos e não conhece pessoas que possam mudar sua trajetória. Quando pensa em construir alguma coisa, sente-se inseguro e se preocupa com a opinião dos outros. Esse medo faz você parecer displicente ou um funcionário sem atitude. Tem uma visão pessimista de tudo e de todos e passa a ideia de que se empenha pouco, mesmo quando trabalha bastante. Calma: nem tudo está perdido. O primeiro passo é mudar sua visão. Não dá para colocar em prática imediatamente, pois sua atitude primitiva precisa mudar. Leia os capítulos 1, 2, 4 e 8.

Sim para 6 ou 7 perguntas.

MUITO FUDIDO.

Olha, os problemas são grandes, e você depende de uma mudança completa. As pessoas ao redor não contam com você para resolver problemas. Sua capacidade de visão está muito debilitada, não consegue encontrar soluções rápidas, ou, pior, quando encontra, está desacreditado. Sempre fala coisas negativas e fica parecendo o portador oficial de más notícias. Seus resultados estão baixos. É o típico pessimista. Vai dar mais trabalho, e exigirei um esforço maior da sua parte para mudar. Além de andar na direção contrária, você vai ter que se empenhar um pouco mais para mudar a visão das outras pessoas a seu respeito. A primeira coisa é acreditar em si. Comece agora lendo a partir do capítulo 4.

Sim para mais de 7 perguntas

FUDIDO TOTAL.

Este livro é para você, o fudido clássico! Está além de um pessimista, sempre vê o copo meio vazio. Esse tipo de visão atrai problemas, então possivelmente muitos dos seus projetos não funcionaram. Sua rede de contatos é muito limitada ou defasada, já que sua postura não atrai novos contatos. Sua visão o fechou em um circuito que não se renova, e você não se surpreende mais com suas conquistas. Não sabe o que são objetivos faz tempo. Está em um trabalho pouco motivador, mas também não se esforça para melhorar, mudar ou encontrar um novo desafio. Talvez já tenha perdido muitas oportunidades interessantes de trabalho simplesmente porque não tentou ou não acreditou ser capaz. Vai dar trabalho. Precisa mudar tudo. É agora ou nunca. Bem-vindo, fudido. Não tem outra saída: ou você muda, ou muda. Comece já sua leitura desde o início e dê atenção especial aos capítulos 2, 5 e 7. Não desista! Agora é a hora da virada. Quando você está no fundo do poço, a única vantagem é que só tem uma direção possível: para cima.

Leia online 'Ninguém é f#dido por acaso' - Quem conhece o empresário carioca Ricardo Bellino certamente já o considerou louco. O que dizer de alguém que, aos 21 anos, pensou em trazer a mega agência de modelos americana Elite Models para o Brasil, sem falar inglês, nem ter um tostão no bolso? Bellino apostou nessa ideia mirabolante, abandonou a faculdade de economia, mudou-se para São Paulo... Livros Online, Baixar PDF, Grátis, Frases de Ricardo Bellino, Download, Resumos Análises e Criticas...
Ninguém é f#dido por acaso

fim da amostra…

Marcações: ,